Fim de Semana No Parque

Racionais Mc's

  • Genero: Rap / Hip Hop
  • Website: Não informado.
  • Nacionalidade: Brasileira
  • Enviado por: Letras de Músicas

Letra da música

Racionais Mc's - Fim de Semana No Parque

Música enviada por: SrRenato

Fim de semana no parque
"A toda comunidade pobre da Zona Sul"

Chegou fim de semana, todos querem diversão.
Só alegria, nós estamos no verão.
Mês de Janeiro, São Paulo, Zona Sul.
Todo mundo à vontade, calor, céu azul.
Eu quero aproveitar o sol.
Encontrar os camaradadas prum basquetebol.
Não pega nada!
Estou a uma hora da minha quebrada.
Logo mais, quero ver todos em paz.
Um, dois, três carros na calçada.
Feliz e agitada!
Toda "playboyzada", as garagens abertas
eles lavam os carros, desperdiçam a água,
Eles fazem a festa!
Vários estilos, vagabundas, motocicletas.
Coroa rico, boca aberta, isca predileta.
De verde florescente, queimada sorridente,
a mesma vaca loura circulando como sempre.
Roda a banca dos playboys do Guarujá
Muitos manos se esquecem,
mas na minha não se cresce
Sou assim e estou legal, até me leve a mal.
Malicioso e realista, sou eu, Mano Brown!
Me dê quatro bons motivos pra não ser.
Olha meu povo nas favelas e vai perceber.
Daqui eu vejo uma caranga do ano.
Toda equipada e um tiozinho guiando.
Com seus filhos ao lado estão indo ao parque.
Eufóricos, brinquedos eletrônicos.
Automaticamente eu imagino
a molecada lá da área como é que tá.
Provalvelmente correndo pra lá e pra cá.
Jogando bola descalços nas ruas de terra.
É, brincam do jeito que dá.
Gritando palavrão, é o jeito deles.
Eles não tem video-game, às vezes nem televisão.
Mas todos eles tem em São Cosme e São Damião
A única proteção.
No último Natal Papai Noel escondeu um brinquedo
Prateado. Brilhava no meio do mato.
Um menininho de 10 anos achou o presente.
Era de ferro com 12 balas no pente.
E o fim de ano foi melhor pra muita gente
Eles também gostariam de ter bicicletas
De ver seu pai fazendo cooper, tipo um atleta
Gostam de ir ao parque e se divertir
E que alguém os ensinasse a dirigir
Mas ele só querem paz e mesmo assim é um sonho!
Fim de semana do Parque Sto. Antônio.
Vamos passear no Parque.
Deixa o menino brincar
Fim de Semana no parque
Vou rezar pra esse domingo não chover
Olha só aquele clube, que da hora!
Olha aquela quadra, olha aquele campo, Olha!
Olha quanta gente!
Tem sorveteria, cinema, piscina quente.
Olha quanto boy! olha quanta mina!
Afoga essa vaca dentro da piscina!
Tem corrida de kart dá pra ver
É igualzinho o que eu ví ontem na TV.
Olha só aquele clube que da hora!
Olha o pretinho vendo tudo do lado de fora!
Nem se lembra do dinheiro que tem que levar
Do seu pai bem louco gritando dentro do bar
Nem se lembra de ontem de hoje ou do futuro
Ele apenas sonha através do muro...
Milhares de casas amontoadas!
Ruas de terra, esse é o morro,
a minha área me espera!
Gritaria na frente, "vamos chegando!"
Pode crer, eu gosto disso, mais calor humano
Na periferia a alegria é igual!
É quase meio dia, a euforia é geral!
É lá que moram meus irmãos, meus amigos.
E a maioria por aqui se parece comigo
E eu também sou bam bam bam e eu que mando
O pessoal desde às 10 da manhã tá no samba.
Preste atenção no repique, atenção no acorde
"Como é que é Mano Brown?"
"Pode crer, pela ordem!"
A número, número 1 em baixa renda da cidade
Comunidade Zona Sul é dignidade!
Tem um corpo no escadão,
a tiazinha desse o morro
Polícia, a morte, polícia, socorro!
Aqui não vejo nenhum clube poliesportivo
Pra molecada frequentar. Nenhum incentivo!
O investimento no lazer é muito escasso.
O centro comunitário é um fracasso!
Mas, aí, se quiser se destruir está no lugar certo.
Tem bebida e cocaína sempre por perto
A cada esquina, 100, 200 metros,
Nem sempre é bom ser esperto!
Schmith, Taurus, Rossi, Dreyer ou Campari
Pronúncia agradável, estrago inevitável.
Nomes estrangeiros que estão no nosso meio
pra matar
M. E. R. D. A.
Como se fosse ontem, ainda me lembro
Sete horas, sábado, quatro de Dezembro.
Uma bala uma moto com dois imbecis
Mataram nosso mano que fazia o morro mais feliz.
E indiretamente ainda faz.
Mano Rogério esteja em paz!
Vigiando lá de cima
a molecada do Parque Regina



Tô cansado dessa porra!
De toda essa bobagem!
Alcolismo, vingança, treta e malandragem!
Mãe angustiada, filho problemático!
Famílias destruídas, fins de semana trágicos!
O sistema quer isso, a molecada tem que aprender
Fim de semana no Parque Ipê

"Pode crer Racionais Mc's e Negritude Junior juntos
Vamos investir nós mesmos
mantendo distância das drogas e do álcool.
Aí rapaziada do Parque Ipê, Jd. São Luiz, Jd. Ingá,
Parque Ararí, Vaz de Lima, Morro do Piolho
e Vale das Virtudes e Pirajussara.
É isso aí, mano Brown
(é isso aí, Netinho: paz à todos)"
Milhares de casas amontoadas!
Ruas de terra, esse é o morro.
A minha área me espera!
Gritaria na frente:
"Vamos chegando!"
Pode crer, eu gosto disso,
mais calor humano
Na periferia a alegria é igual!
É quase meio dia, a euforia é geral!
É lá que moram meus irmãos,
meus amigos.
E a maioria por aqui se parece comigo
E eu também sou bam bam bam,
e eu que mando!
O pessoal desde às 10 da manhã tá no samba.
Preste atenção no repique,
atenção no acorde:
"Como é que é Mano Brown?"
"Pode crer, pela ordem!"
A número 1,
Número 1 em baixa renda da cidade,
Comunidade Zona Sul é
Dignidade!

letrasdemusicas.com.br Esta letra foi retirada do site www.letrasdemusicas.com.br

Informações da música

Avaliação:
Acesso(s):
Ponto(s):
Média de pontos:
Fãs(s):

  1. FAQ
  2. Política de privacidade
  3. Anuncie aqui
  4. Fale conosco
  5. Como funciona?

©2003 - 2019 Letras de Musicas.com.br. Todos os Direitos Reservados.

A música Fim de Semana No Parque de Racionais Mc's como todas as outras, são de propriedade da banda sendo permitido somente a visualização das letras de música encontradas no Letras de Músicas, vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98)