Entre a Serpente e a Estrela - Zé Ramalho

O Sétimo Guardião (Novela)

  • Genero: Trilhas
  • Website: Não informado.
  • Nacionalidade: Brasileira
  • Enviado por: Defensora

Letra da música

O Sétimo Guardião (Novela) - Entre a Serpente e a Estrela - Zé Ramalho

Música enviada por: Defensora

Há um brilho de faca
Onde o amor vier
E ninguém tem o mapa
Da alma da mulher

Ninguém sai com o coração sem sangrar
Ao tentar revelar
Um ser maravilhoso
Entre a serpente e a estrela

Um grande amor do passado
Se transforma em aversão
E os dois lado a lado
Corroem o coração

Não existe saudade mais cortante
Que a de um grande amor ausente
Dura feito um diamante
Corta a ilusão da gente

Toco a vida prá frente
Fingindo não sofrer
Mas o peito dormente
Espera um bem querer

E sei que não será surpresa
Se o futuro me trouxer
O passado de volta
Num semblante de mulher

O passado de volta
Num semblante de mulher

letrasdemusicas.com.br Esta letra foi retirada do site www.letrasdemusicas.com.br

Informações da música

Avaliação:
Acesso(s):
Ponto(s):
Média de pontos:
Fãs(s):

  1. FAQ
  2. Política de privacidade
  3. Anuncie aqui
  4. Fale conosco
  5. Como funciona?

©2003 - 2018 Letras de Musicas.com.br. Todos os Direitos Reservados.

A música Entre a Serpente e a Estrela - Zé Ramalho de O Sétimo Guardião (Novela) como todas as outras, são de propriedade da banda sendo permitido somente a visualização das letras de música encontradas no Letras de Músicas, vedada sua reprodução e cópias através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98)